Site Views

Connect With Me

Powered by Blogger.
There was an error in this gadget

Followers

Thursday, September 22, 2011


There's been many questions for me about old and new alliance , and also have seen that there is so much confusion comparing alliance to testament, well I found this small study that can give you a basic, to further deepen their study will enjoy. I think so this can give you a little more to the meditate and study on this subject. I think it goes deeper because the Grace of God, this one will help you start i believe so leave your comments i really like to expand that.
What’s the Difference Between the Old Covenant & New Covenant in the Bible?

For a long time I was confused about the difference between what the Bible calls the “Old Covenant” and the “New Covenant.” I imagine many westcoastwitness.com readers still struggle with some confusion between the two.

This post has been made in hopes of help clearing up that confusion.

The Old Covenant was in effect during the time before Jesus’ death, burial, and resurrection when the Jews were living under the Mosaic Law, or, the Old Law, and is associated with the Old Testament and the leadership of Moses.

The New Covenant went into effect after Jesus’ death, burial, and resurrection that fulfilled the requirements of the Old Covenant and Old Law, and is associated with the New Testament and the leadership of Jesus.

When I was in college a professor of mine named Dr. Phil Thompson presented my class with a handout put together by a man named Jack McKinney. I’d like to share the contents of that handout with you today as I’ve found them to be very helpful.

Jack McKinney uses 2 Corinthians 3 to compare/contrast the Old Covenant to the New Covenant in a way that really helped clear up a lot of confusion for me … check it out:

The Old Covenant vs. The New Covenant

Jeremiah 31:31-34

Old Covenant – Moses as Minister (2 Corinthians 3:13-15; John 1:17; Hebrews 3:5)
New Covenant - Jesus’ Disciples as Ministers (2 Corinthians 3:6; John 16:12-15)

Old Covenant - A Covenant of the Letter (2 Corinthians 3:6)
New Covenant - A Covenant of the Spirit (2 Corinthians 3:6-8)

Old Covenant - A Covenant which Kills (2 Corinthians 3:6)
New Covenant - A Covenant which Gives Life (2 Corinthians 3:6 – literally “makes alive”)

Old Covenant - A Ministry of Death (2 Corinthians 3:7)
New Covenant - A Ministry of Life (2 Corinthians 3:6)

Old Covenant - A Ministry of Condemnation (2 Corinthians 3:9)
New Covenant - A Ministration of Righteousness (2 Corinthians 3:9)

Old Covenant - A Covenant Written with Ink (2 Corinthians 3:3)
New Covenant - A Covenant Written with the Spirit of the Living God (2 Corinthians 3:3)

Old Covenant - A Covenant Written on Stone (2 Corinthians 3:3-7)
New Covenant - A Covenant Written on the Heart of Man (2 Corinthians 3:3; Jeremiah 31:33; Ezekiel 11:19-20; 36:26)

Old Covenant - A Covenant which came with Glory (2 Corinthians 3:7; Exodus 34:29-35)
New Covenant - A Covenant which came with the Greatest Glory (2 Corinthians 3:8-11)

Old Covenant - A Covenant whose Glory was Passing/Fading (2 Corinthians 3:7)
New Covenant - A Covenant whose Glory Continues to Shine (2 Corinthians 3:18)

Old Covenant - A Veiled or Covered Glory (2 Corinthians 3:12-16)
New Covenant - An Unveiled, Ever-Increasing Glory (2 Corinthians 3:18)

Old Covenant - A Covenant Destined to be Done Away (2 Corinthians 3:11; Hebrews 7:12, 8:13, 10:9)
New Covenant - A Covenant Destined to Last Forever (2 Corinthians 3:11; Hebrews 13:20)

McKinney goes on to note:

It was not merely the glory (GREEK: Doxa; cf. English “doxology”) which was transient in nature, but the Old Covenant itself. A close reading for 2 Corinthians 3:11 makes that clear, though some commentators have missed this. It is especially clear from 2 Corinthians 3:7, where Paul speaks of the “ministry that brought death … engraved in letters on stone” coming with glory (NIV). It does not make sense to say that the glory of the Old Covenant “came with glory.” To understand this chapter, one must turn back to the situation in Exodus 34, and even then Paul’s argument may seem a bit strange to us. Still, his line of reasoning in one that is quite acceptable to that of the rabbinical interpretation of his time. It is not, of course, as if the Old Testament were of no value to the Christian. As the tutor or schoolmaster whose purpose was to lead to Christ, it has tremendous value for us, but the fact that “now that faith has come, we are no longer under the supervision of the law” (Galatians 3:19-23, 25; 2:19-21).

I’ve retyped the original handout by Jack McKinney as it was given to me with a couple of minor changes (mostly typos), and encourage any serious Bible student to download and study it.

That leads me to the question: what should we do with the teachings surrounding the Old Covenant today? Should we simply ignore them, or are they still applicable?

I really appreciate the way Mark Driscoll explains this on pages 46 & 47 of his book On the Old Testament (A Book You’ll Actually Read):

I have also been asked many times whether we need to obey all commands in the Old Testament. The short answer regarding law is that all of the Old Testament commands/laws were fulfilled in Jesus Christ (Matthew 5:17-18). This does not mean that we do not love and value the Old Testament law. But it does mean that we are no longer under it. Similarly, when I was in high school I had to sign an attendance sheet every day, go to assemblies, and bring a note if I had been sick. Since the graduation requirements have been met, I am no longer bound to do those things. This does not mean they were bad, only that they are completed. However, there are some laws from high school that are still binding on me. For example, at my school I was not allowed to kill anyone, sell drugs, or steal. These laws are still applicable to me, even though I have graduated.

Likewise, there are three kinds of laws in the Old Testament.

First, there are ceremonial laws, which are related to the priesthood, sacrifices, temple, and cleanness. These are now fulfilled in Jesus (for example, nearly the entire book of Hebrews addresses this issue for Jews who struggled with the Old Testament laws once they were saved). These laws are no longer binding on us because Jesus is our Priest, Sacrifice, Temple, and Cleanser.

Second, there are civil laws, which refer to the governing of Israel as a nation ruled by God. Since we are no longer a theocracy, these laws, while insightful, are not directly binding on us. As Romans 13 says, we must now obey our pagan government because God will work through it, too.

Third, there are moral laws, which prohibit such things as stealing, murdering, and lying. These laws are still binding on us even though Jesus fulfilled their requirements through His sinless life. Jesus Himself repeats and reinforces nine of the Ten Commandments. The only exception is the Sabbath, because that is part of the ceremonial law. Now our rest is in the finished work of Jesus, not just a day.

In Summary, the ceremonial and civil laws of the Old Testament are no longer binding on us, while the moral laws are.

Is there value in studying the laws surrounding the Old Covenant? Absolutely.

Does that mean we’re still bound to all of them? As both Mark and Jack explain above, no.
Personal Growth, Resources, Teaching, Theology
Author WesWoodell http://westcoastwitness.com/tag/old-covenant-new-covenant/


Portugues




Estao havendo muitas perguntas para mim a respeito de nova alianca e velha alianca e tambem tenho visto que ha muita confusao pensando que testameno e alianca , bom encontrei este pequeno estudo que pode dar um basico para voce aprofundar mais o seu estudo aproveite crei que sim vai te dar uma pequena nocao.Creio que a mais para se meditar e estudar neste subjecto porque creio que se pode ir mais profundo porque entra a Graca de Deus mas vai ajudar este aqui gostaria muito que voce deixasee seu comentario pois a minha vontade aqui e expandir e ter crescimento .
Por muito tempo eu estava confuso sobre a diferença entre o que a Bíblia chama de "Antiga Aliança" ea "Nova Aliança." Imagino leitores westcoastwitness.com muitos ainda lutam com alguma confusão entre os dois.

Este post foi feito na esperança de ajudar esclarecer essa confusão.

Antiga Aliança estava em vigor durante o tempo antes do enterro morte de Jesus, e ressurreição, quando os judeus viviam sob a Lei Mosaica, ou, a antiga lei, e está associado com o Antigo Testamento ea liderança de Moisés.

A Nova Aliança entrou em vigor depois da morte de Jesus, o sepultamento ea ressurreição que cumpriu os requisitos da Antiga Aliança e da Lei Velha, e está associado com o Novo Testamento ea liderança de Jesus.

Quando eu estava na faculdade um professor meu chamado Dr. Phil Thompson apresentei a minha classe com uma apostila elaborada por um homem chamado Jack McKinney. Eu gostaria de compartilhar o conteúdo dessa apostila com você hoje, como eu encontrei-os a ser muito útil.

Jack McKinney usa 2 Coríntios 3 para comparar / contraste Antiga Aliança para a Nova Aliança de uma forma que realmente ajudou a esclarecer muita confusão para mim ... check it out:

Antiga Aliança vs A Nova Aliança

Jeremias 31:31-34

Antiga Aliança - Moisés como o ministro (2 Coríntios 3:13-15, João 1:17, Hebreus 3:5)
Nova Aliança - Discípulos de Jesus como Ministros (2 Coríntios 3:6, João 16:12-15)

Antiga Aliança - A Aliança da Carta (2 Coríntios 3:6)
Nova Aliança - A Aliança do Espírito (2 Coríntios 3:6-8)

Antiga Aliança - A Aliança que mata (2 Coríntios 3:06)
Nova Aliança - A Aliança que dá vida (2 Coríntios 3:6 - literalmente "faz vivo")

Antiga Aliança - Um Ministério da Morte (2 Coríntios 3:7)
Nova Aliança - O Ministério da Vida (2 Coríntios 3:6)

Antiga Aliança - Um ministério da condenação (2 Coríntios 3:9)
Nova Aliança - uma ministração da justiça (2 Coríntios 3:9)

Antiga Aliança - A Aliança escrita com tinta (2 Coríntios 3:3)
Nova Aliança - A Aliança escrita com o Espírito do Deus Vivo (2 Coríntios 3:3)

Antiga Aliança - A Aliança escrita sobre a pedra (2 Coríntios 3:3-7)
Nova Aliança - A Aliança escrita no coração do homem (2 Coríntios 3:3, Jeremias 31:33, Ezequiel 11:19-20; 36:26)

Antiga Aliança - A Aliança, que veio com Glória (2 Coríntios 3:7; Êxodo 34:29-35)
Nova Aliança - A Aliança, que veio com a maior glória (2 Coríntios 3:8-11)

Antiga Aliança - A Aliança cuja glória foi Passada / desvanecimento (2 Coríntios 3:07)
Nova Aliança - A Aliança cuja Glória continua a brilhar (2 Coríntios 3:18)

Antiga Aliança - A Glória velado ou Coberto (2 Coríntios 3:12-16)
Nova Aliança -Tirou se o Véu,Glória cada vez mais (2 Coríntios 3:18)

Antiga Aliança - A Aliança Destinado a ser feito fora (2 Coríntios 3:11, Hebreus 7:12, 8:13, 10:09)
Nova Aliança - A Aliança Destinada a durar para sempre (2 Coríntios 3:11, Hebreus 13:20)

McKinney continua a nota:

Não era apenas a glória (do grego:. Doxa, cf Inglês "doxologia"), que foi de natureza transitória, mas a antiga aliança em si. Uma leitura atenta para 2 Coríntios 3:11 deixa isso claro, embora alguns comentaristas ter perdido isso. É especialmente claro em 2 Coríntios 3:7, onde Paulo fala do "ministério que trouxe a morte ... gravado com letras em pedra" que vem com glória (NVI). Não faz sentido dizer que a glória da Antiga Aliança "veio com glória." Para entender este capítulo, deve-se voltar à situação em Êxodo 34, e mesmo assim o argumento de Paulo pode parecer um pouco estranho para nós. Ainda assim, sua linha de raciocínio que é bastante aceitável para a da interpretação rabínica de seu tempo. Não é, naturalmente, como se o Antigo Testamento eram de nenhum valor para o cristão. Como o tutor ou professor cujo objetivo era levar a Cristo, ele tem um enorme valor para nós, mas o fato de que "agora que a fé veio, já não estamos sob a supervisão da lei" (Gálatas 3:19-23, 25; 2:19-21).

Eu reproduzi o folheto original de Jack McKinney, uma vez que foi dado a mim com um par de pequenas mudanças (principalmente erros de digitação), e incentivar qualquer estudante sério da Bíblia para baixar e estudá-la.

Que me leva à pergunta: o que devemos fazer com os ensinamentos em torno da Antiga Aliança hoje? Devemos simplesmente ignorá-los, ou estão ainda em vigor?

Eu realmente aprecio a forma como Mark Driscoll explica isso em páginas 46 e 47 de seu livro No Antigo Testamento (um livro que você vai realmente ler):

Eu também tenho sido perguntado muitas vezes se precisamos obedecer a todos os comandos no Testamento da Velha Alianca. A resposta curta sobre a lei é que todos os comandos do Antigo Testamento / leis foram cumpridas em Jesus Cristo (Mateus 5:17-18). Isso não significa que não amamos e valorizamos a lei do Velho Testamento. Mas isso não significa que não estamos mais sob ele. Da mesma forma, quando eu estava no colegial eu tinha que assinar uma folha de presença todos os dias, ir para montagens, e trazer uma nota se eu tinha estado doente. Uma vez que os requisitos foram cumpridos graduação, eu não sou mais obrigado a fazer essas coisas. Isso não significa que eles eram ruins, apenas que eles estão concluídas. No entanto, existem algumas leis do ensino médio que ainda são obrigatórias para mim. Por exemplo, na minha escola eu não tinha permissão para matar qualquer um, vender drogas ou roubar. Estas leis ainda são aplicáveis ​​para mim, embora eu tenha graduado.

Da mesma forma, existem três tipos de leis no Velho Testamento.

Primeiro, há leis cerimoniais, que são relacionados para o sacerdócio, sacrifícios, templo, e limpeza. Estes são agora cumprida em Jesus (por exemplo, quase todo o livro de Hebreus aborda esta questão para os judeus que lutavam com as leis do Antigo Testamento, uma vez que eles foram salvos). Essas leis não são mais obrigatórias para nós, porque Jesus é nosso Sumo Sacerdote Sacrifício,, Templo, e Cleanser.

Segundo, há as leis civis, que se referem aos governantes de Israel como uma nação governada por Deus. Uma vez que não somos mais uma teocracia, essas leis, ao mesmo tempo perspicaz, não são directamente vinculativas para nós. Como diz Romanos 13, temos agora obedecem nosso governo pagão porque Deus vai trabalhar com ele, também.

Em terceiro lugar, há leis morais, que proíbem coisas como roubar, matar e mentir. Estas leis ainda são obrigatórias para nós mesmo que Jesus cumpriu as suas necessidades através de Sua vida sem pecado. O próprio Jesus repete e reforça a nove dos Dez Mandamentos. A única exceção é o sábado, porque isso faz parte da lei cerimonial. Agora o nosso descanso é na obra consumada de Jesus, não apenas um dia.

Em resumo, as leis cerimoniais e civis do Antigo Testamento já não são obrigatórias para nós, enquanto as leis morais são.

Existe valor em estudar as leis em torno da Antiga Aliança? Absolutamente.

Isso significa que ainda estamos ligados a todos eles? Tanto como Jack e Mark explica acima, não.
Personal Growth, Resources, Teaching, Theology
Author WesWoodell http://westcoastwitness.com/tag/old-covenant-new-covenant/

0 comments: